Texto de José Ouverney - outubro/2013   -    (Veja mais textos do autor em http://www.falandodetrova.com.br/ouverneyconverso)

Nós, poetas, principalmente os poetas/trovadores, temos alguns "cacoetes", vamos assim dizer, que nos perseguem durante o ato de composição.  Como a nossa tendência inevitável é falar de amor (e desamor, principalmente), algumas vezes, mesmo sem nos darmos conta de tal, acabamos adotando certos "ganchos" que, além de facilitar o fluxo da ideia, são altamente poéticos e acabam revertendo em premiações, nos concursos dos quais participamos.

     Não é um ato intencional; isso é coisa do tal de "inconsciente", esse travesso pregador de peças que fica embutido em nossa mente.

     Partindo desse princípio, separei vários modelos sobre "Partidas"  e "Regressos".  Evidentemente, fora os que coletei para elaboração do texto, existem centenas de outros exemplos. Qual de nós não gosta de falar sobre chegadas e despedidas, não é verdade?  Portanto, a título de curiosidade, e agradecendo antecipadamente aos autores e familiares de autores aqui citados, pela utilização das respectivas trovas, apresento-lhes um delicioso apanhado do assunto em pauta:
 

 

“VOLTASTE”... PARTISTE... ETC...

Voltaste... E feitas as pazes,
minha alma não te condena:
para essa luz que me trazes,
até que a dor foi pequena!...
NYDIA IAGGI MARTINS - NOVA FRIBURGO
 
Voltaste, e a Felicidade,
que voltou no mesmo dia,
rebatizou a Saudade:
- Teu nome agora é Alegria!!!
IZO GOLDMAN - SÃO PAULO
 
Voltaste... e eu lembro o passado,
esquecendo a ingratidão...
- Todo o regresso é marcado
pela auréola do perdão.
RODOLPHO ABBUD - NOVA FRIBURGO
 
Voltaste... e eu tive afinal
a sensação prazerosa
de um sol brilhando ao final
de longa tarde chuvosa.
ARLINDO TADEU - BELO HORIZONTE
              
Voltaste... fim da ansiedade...
na casa, o som dos teus passos...
Fica mais pobre a saudade,
na fortuna dos teus braços!...
MARILÚCIA REZENDE - SÃO PAULO
 
Voltaste afinal... e agora,
tentas em vão me agradar...
Depois de tanta demora,
o amor cansou de esperar!...
MARILÚCIA REZENDE
 
Voltaste tão diferente
 da mulher que foi tão linda,
 que embora estejas presente
 não sei se voltaste, ainda!...
JOSÉ TAVARES DE LIMA - JUIZ DE FORA
 
Voltaste, mas teu regresso
não era mais esperado;
eu preferia, confesso, ...
tua saudade... e o passado !
ZAÉ JÚNIOR - SÃO PAULO
 
Voltaste, mas muito tarde...
E se agora não te aceito,
culpa o teu medo covarde
que te afastou do meu leito...
SILVINA  ANTUNES LEAL - SANTOS
 
Voltas... Por teres voltado,
vejo o céu brilhando, agora.
Se tenho o sol a meu lado,
esqueço a chuva lá fora...
TEHEREZA COSTA VAL - BELO HORIZONTE
 
Voltas... E eu acho tão triste
a emoção de disfarçar
que, por mim, já que partiste,
nem precisavas voltar...
DIVENEI BOSELI - SÃO PAULO
 
"Volta!", eu peço, em voz bem alta!
Antes que a minha ansiedade
faça com que o "sentir falta"
passe a chamar- se... "saudade"...
IZO GOLDMAN
 
Voltei... Cabisbaixa eu vinha,
com o orgulho lá no chão...
Melhor do que estar sozinha
e coberta de razão!
JEANETTE M. DE CNOP - MARINGÁ/PR

Eu volto um dia – juraste.
Não te espero – me zanguei.
-Mentiste: nunca voltaste...
Menti: eu sempre esperei...
CÍCERO ACAIABA

 
Chegaste, os braços abertos,
tranqüila... em tuas andanças...
e plantaste em meus desertos
mil sementes de esperanças...
MILTON LOUREIRO - NITERÓI
 
Chegaste, os braços abertos
após as tuas andanças...........
E trouxeste aos meus desertos
mil motivos de esperanças...
MILTON LOUREIRO
 
Chegaste bem de mansinho,
trazendo ao meu sol poente
o afeto do teu carinho
e o encanto do amor ardente!
IEDA MARINI SOUZA OLIVEIRA - JUIZ DE FORA
 
Chegaste...E a tua chegada
me deixou tão satisfeito
que eu sinto um sol de alvorada,
queimando meu velho peito.
JOSÉ TAVARES DE LIMA
 
Chegaste... e a tua chegada
varreu, com gestos risonhos,
a poeira acumulada
sobre as costas dos meus sonhos!
ARLINDO TADEU HAGEN
 
Tu não vens... e o meu tormento,
na angústia da espera vã,
é sofrer cada momento
desse infinito amanhã...
RODOLPHO ABBUD
 
Não vens... rendo-me à evidência...
Fim da espera e da ansiedade,
porque a dor da tua ausência
cristalizou-se em saudade.
WANDA DE PAULA MOURTHÉ - BELO HORIZONTE
 
Não vens... e, em tuas demoras,
na angústia das madrugadas,
o relógio bate as horas
e as horas dão gargalhadas.
AMALIA MAX - PONTA GROSSA/PR
 
Vens... não vens... e na incerteza
do dilema que me cansa,
a minha vida está presa
neste fio de esperança!
ARLINDO TADEU
 
Regressas... verás, contudo,
que enquanto o tempo passou,
tua ausência matou tudo
o que já fui... e o que sou.
DIVENEI BOSELI
 
Vais regressar... eu te aceito
mas, como ocorre aos cristais,
o amor trincado em meu peito
não será igual... nunca mais...
MARINA BRUNA - SÃO PAULO

 

---------------------------------

 
“PARTISTE”... E OUTROS!
 
Partiste sem um aceno,
multiplicando os meus ais:
não quis teu mundo pequeno
meu sonho grande demais!
EUGÊNIA MARIA RODRIGUES - RIO NOVO/MG
 
Partiste sem dizer nada...
na tormenta de um desgosto,
a chuva ficou salgada
ao descer pelo meu rosto!...
CAROLINA RAMOS – SANTOS
 
Partiste... A vida vazia
que em minha alma se projeta,
é letra sem melodia
de uma canção incompleta.
VANDA  F. QUEIROZ – CURITIBA
 
Partiste... Ficou-me na alma
tua voz suave e pura...           
- Ave a cantar sobre a calma
 da mais triste sepultura.  
LILINHA FERNANDES - RIO DE JANEIRO   
 
Partiste... e agora eu entendo
que a solidão dos sem nada
é noite que vai morrendo
no vazio da alvorada.
PAULO BELÓRIO FAIER – NOVA FRIBURGO
 
Partiste... e o meu desencanto,
vendo ruir a ilusão,
escorre em gotas de pranto,
orvalhando a solidão.
WANDA DE P. MOURTHÉ
 
Partiste, e o meu dia a dia
é um nada, onde nada resta,
levaste toda a alegria
qual faxina em fim de festa!
DOMITILLA BORGES BELTRAME - SÃO PAULO
 
Partiste, e no adeus... risonho,
teu bilhete sem carinho
provou-me que o nosso sonho
eu sonhei sempre sozinho!
ZAÉ JR.  - SÃO PAULO
 
Partiste... e pela distância,
não quiseste mais voltar...
Mandaste, com arrogância,
a saudade em teu lugar...
IVONE  T. PRADO – BELO HORIZONTE
 
Partiste, e, neste tormento,
sou qual sereno a sofrer,
chorando seu sofrimento
no rosto do amanhecer.
JOSÉ VALDEZ C. MOURA – PINDAMONHANGABA
 
Partiste... e em meio à tormenta
da minha vida sem calma,
teu retrato representa
um corpo, apenas, sem alma!...
HERMOCLYDES S. FRANCO – RIO DE JANEIRO
 
Partiste...e, em meio à saudade,
aos poucos fui percebendo
que me roubaste a metade
da vida que estou vivendo!...
MARILÚCIA REZENDE  
 
Partiste... e em meu grande anseio
continuo a procurar
a mensagem que não veio
e a que eu não pude mandar.
ALBA CHRISTINA CAMPOS NETTO - SÃO PAULO 
 
Partiste e, num desatino,
teimando em partir também,
meu coração clandestino
viajou no mesmo trem...
EDMAR JAPIASSÚ MAIA - NOVA FRIBURGO
 
Partiste... E em triste cismar,
na luz baça da candeia,
sou um murmúrio do mar
que, de amor, morre na areia...
FERNANDO CRUZ – RIO DE JANEIRO
 
Partiste, mas por maldade,
a tua luz não tem fim:
- Brilha o, luar da saudade
no céu que há dentro de mim!
PEDRO MELLO – SÃO PAULO
 
Partiste... e em meio à lembrança
a saudade continua
pondo luzes de esperança
nos postes da minha rua!
CLENIR NEVES RIBEIRO – NOVA FRIBURGO
 
Partiste... o sonho acabou,
num mistério que revolta...
– E a saudade carimbou
seu passaporte sem volta!...
CLENIR NEVES RIBEIRO
 
Partiste... Em meu desatino
vejo, ante o sonho desfeito,
que o pranto -- intruso inquilino --
fez domicílio em meu peito!
JOSÉ TAVARES DE LIMA
 
Partiste... e languidamente
perdi-me na multidão...
Meus olhos cheios de gente,
meus sonhos, de solidão.
FRANCISCO LUZIA NETTO - AMPARO/SP
 
 Partiste ... e na despedida
   no teu  "ar" de quem conspira,
   vi  quanto perdi de  vida  
   com um sonho de mentira ...
MARIA NASCIMENTO S. CARVALHO - RIO DE JANEIRO
 
Partiste e eu fiz o que pude,,
num brinde à felicidade,
mas, quando eu disse: “saúde!”
ela respondeu: - “Saudade...”
IZO GOLDMAN
 
Partiste... - E, na ausência tua,
a sensação que me invade
é de que até nossa rua
sofre de tédio e saudade!...
MARIA MADALENA FERREIRA - MAGÉ/RJ
 
Partiste, mas por maldade,
para aumentar meu castigo,
fico abraçando a saudade
na ilusão de estar contigo!...
ANALICE FEITOZA DE LIMA – SP 
 
Partiste... mas tua imagem
tanto em mim ficou retida...
que, hoje, és constante miragem
em meu deserto... de vida!
JOÃO FREIRE FILHO – RIO DE JANEIRO

Partiste, porém o encanto
que não partiu nossos laços,
segue teus passos, teu pranto,
e te devolve aos meus braços.
ALBA CHRISTINA CAMPOS NETTO
 
Partiste... já não te importas
que em nossa casa singela
a ventura feche as portas
e a saudade abra a janela.
AMALIA MAX
 
Partiste: desde o começo
a minha alma solitária
procura o teu endereço
numa agenda imaginária.
REGINA CÉLIA DE ANDRADE – MAGÉ/RJ
 
Tu partiste e é tão intensa
esta dor dentro de mim,
que chega a ser uma ofensa
saudade doer assim!...
IZO GOLDMAN
 
Tu partiste e, na vidraça,
a chuva chora também,
por um ontem que não passa
e, um amanhã... que não vem...
IZO GOLDMAN
 
Tu partiste e o que  receio
 é que mesmo em liberdade
 eu não possa pôr um freio
 nos caprichos da saudade.
MARIA NASCIMENTO S. CARVALHO
 
Tu partiste... angústia e mágoa
sofri calado e arredio.
Só damos valor à água
quando o poço está vazio...
FRANCISCO ASSIS MENEZES - PRATA/MG
 
Partiu!   E em meio ao vazio
do leito, sem ele ao lado,
sou seixo à margem de um rio
que teve o curso mudado...
DARLY O. BARROS - SÃO PAULO 
 
Partiu... E a vida sem ela,
de tal modo me angustia,
que me sinto caravela
na angústia da calmaria.
WALDIR NEVES – RIO DE JANEIRO
 
Partiu... nem disse o motivo,
e eu, da saudade à mercê,
estou vivo, mas não vivo,
pois não vivo sem você.
WANDA DE PAULA MOURTHÉ
 
Partias... mas, era tarde
para eu tentar te deter...
E nessa omissão covarde
te perdi... sem combater...
MARINA BRUNA
 
Ela partiu... Na dolência
da tristeza que me invade,
hoje, na sombra da ausência,
eu converso com a saudade!
P. DE PETRUS – RIO DE JANEIRO
 
Vais partir... Que diferença
fará se te vais enfim,
pois mesmo em minha presença
vives distante de mim!
THEREZA COSTA VAL
 
Vais partir... Não sei a hora,
e a tristeza em mim sobeja.
Meu coração que te adora,
já nem mais bate... Lateja!
LILA RICCIARDI FONTES  - SÃO PAULO

Vais partir... e eu, morta-viva,
nos meus brios me concentro:
Seco a lágrima furtiva...
e as demais... choro por dentro!
DARLY O. BARROS - SÃO PAULO
 
Partes, levando a metade
da metade que eu já sou,
deixando inteira a saudade
na metade que restou.
DIVENEI BOSELI - SÃO PAULO
 
Partes, alheia aos meus ais,
mas te suplico, sincero:
mesmo que não venhas mais,
fala que vens... que eu te espero!
JOSÉ TAVARES DE LIMA
 
Foste embora... e amargamente,
até hoje ainda não sei
por que não me sai da mente
o beijo que não te dei!...
RODOLPHO ABBUD

Foste embora... e abandonada
na primavera da vida,
fui a semente ceifada
que não virou margarida...
YVONNE LIMA CASTELLO BRANCO
 
Foste embora... e o meu violão,
que jaz num canto, retrata
que morreu de solidão
quem já te fez serenata!
JOAQUIM CARLOS – NOVA FRIBURGO
 
Foste embora... E... sem carinho,
hoje a dor meu peito invade,
pois deixaste em meu caminho
a “luxenta” da saudade...
IVONE TAGLIALEGNA PRADO
 
Foste embora... Enxugo o rosto...
Agora, bem decidida,
sem a saudade e o desgosto
eu abro as portas à vida...
IVONE  T.   PRADO
 
Foste embora... Feito um frade
em penitência infinita,
no convento da saudade
eu choro a minha desdita!...
JOSÉ TAVARES DE LIMA
 
Foste embora e por maldade
deixaste a troco de nada,
rastros da tua saudade
em cada curva da estrada!...
MARILÚCIA REZENDE

Deixaste-me... Por vingança
eu tento esquecer-te... em vão...
Ninguém tira da lembrança
quem fica no coração!
JOSÉ TAVARES DE LIMA
 
Demoras... e na incerteza
pela espera quase em vão,
sento ao lado da tristeza
na soleira do portão...
EDMAR JAPIASSÚ MAIA