OTÁVIO VENTURELLI E NOVA FRIBURGO

                           (texto de Pedro Mello)

I

 

          Otávio Venturelli (nome literário de José Octávio Gomes Venturelli) nasceu na cidade do Rio de Janeiro (então Distrito Federal) no dia 21 de fevereiro de 1937 e desde bem jovem faz poesia. Com apenas 19 anos, Otávio Venturelli já aparecia na coletânea de Luiz Otávio, “Meus irmãos, os Trovadores”.

 

          Venturelli entrou para a UBT em 1976 e logo se tornaria trovador de grande destaque na UBT, premiado entre os 10 primeiros colocados durante 3 anos consecutivos (1977, 1978 e 1979) nos Jogos Florais de Nova Friburgo e obtendo o título honorífico de “Magnífico Trovador”.

 

          Assim foi:

          Em 1977, no tema “CONFLITO”, Venturelli começou a “escalada”, classificando-se em 1º. lugar:

 

No conflito de um desgosto,

por saber que não me queres,

vivo em busca do teu rosto

no rosto de outras mulheres.

 

          No ano seguinte, 1978, no tema “OCASO”, Venturelli “lavou a égua”, como se diz no Nordeste, classificando três trovas entre as dez primeiras colocadas! Foram as seguintes colocações: 2º., 3º. e 6º. lugar, com as seguintes trovas, respectivamente:

 

Foste embora... e eu vou notando

nas luzes da despedida,

meu ocaso projetando

tua sombra em minha vida...

 

O sol no ocaso não viste

porque o dia foi covarde

e chorou quando partiste,

chovendo no fim da tarde...

 

Meus olhos tristes, perdidos

entre as rugas do desgosto,

são dois sóis envelhecidos

no entardecer do meu rosto.

 

          Por fim, no terceiro ano, 1979, no tema “AUSÊNCIA”, Otávio Venturelli “lava a égua” outra vez e classifica novamente três trovas entre os 10 primeiros colocados, desta vez o 1º., 2º. e 7º. lugar, “garantindo” o título merecidíssimo de “Magnífico Trovador”, com as seguintes trovas, respectivamente:

 

Não diga adeus nem brincando,

o adeus é irmão da saudade,

e alguma ausência, escutando,

pode pensar que é verdade...

 

Ausência é ver os teus braços

em cada abraço do adeus,

viver ouvindo os teus passos

nos passos que não são teus...

 

Coração, sei que não gostas

que eu conte a tua vivência,

mas eu te vi de mãos postas

rezando aos pés de uma ausência... 

 

                                                         II

 

          Os Magníficos Trovadores não concorrem no tema nacional e participam de um concurso à parte, com tema próprio. Venturelli brilhou também no concurso dos Magníficos e por diversas vezes classificou em tal concurso.

 

          O concurso dos Magníficos premia em duas etapas, conjuntos e trovas isoladas. Teve seu regulamento alterado com o passar dos anos. Atualmente, cada magnífico envia 5 trovas, que são julgadas em conjunto. O concurso premia os três melhores conjuntos. Depois as trovas são julgadas de maneira isolada, igual a um concurso nacional, e são premiadas as três melhores.

 

          Em um desses concursos surge a trova de Venturelli de que mais gosto, que foi no ano de 1987. Naquele tempo, o conjunto era de 10 trovas! E Venturelli fez uma façanha invejável: premiou o seu conjunto em primeiro lugar e, ainda por cima, três trovas do conjunto foram premiadas entre as isoladas. Papa-prêmio! Em 1987 o tema foi “DOMÍNIO” e Venturelli tirou o primeiro lugar nas trovas isoladas com esta pequena maravilha, que dispensa comentários, de tão bela:

 

Na velha Estação de Trem,

que a Solidão dominava,

eu acenei a ninguém,

fingindo que alguém chegava...

 

          E de tanto ler trovas, cheguei a uma conclusão interessante: A maior parte das trovas antológicas, dessas que a gente sabe de cor pra toda a vida, foram premiadas em Nova Friburgo. Só por este motivo, Friburgo já merece um cantinho especial em nossos corações. Se somarmos aos outros...
============================
O PROF. PEDRO MELLO, nascido em 1977, reside em São Paulo, e é "Magnífico Trovador" por Nova Friburgo desde 2010.

 

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.