OS “PAPA-TROFÉUS” EM PINDAMONHANGABA
(texto de José Ouverney, 20.03.2014
. Veja mais textos do autor em http://www.falandodetrova.com.br/ouverneyconverso)

 
          Pindamonhangaba, com José Valdez, já realizou 22 concursos de âmbito nacional/países de língua portuguesa, além dos de âmbito regional e estudantil. Em 2014 será o 23º.
         
          Já ouvi de muita gente de longe a alegação de que “premiar em Pinda é muito difícil”. Acredito que o grau de dificuldade seja o mesmo de outros concursos. Por outro lado, há aqueles que são verdadeiros “pés-quentes”.  A título de curiosidade, pesquisamos os resultados dos 22 concursos de âmbito nacional e apuramos os nomes dos maiores levantadores de troféus na “terrinha”, entre 1992 e 2013. Ei-los:
 
1º lugar: IZO GOLDMAN – São Paulo (falecido em 2013) = 11 troféus
2º lugar: HÉRON PATRÍCIO – residente em São Paulo =      10 troféus
3º lugar: CAMPOS SALES – residente em São Paulo    =      09 troféus
4º lugar: (empatados, com 08 troféus cada:
JOÃO FREIRE FILHO – Rio de Janeiro ( falecido em 2012)
WALDIR NEVES (Rio de Janeiro) – falecido em 2007
HELOÍSA ZANCONATO – Juiz de Fora (não concorre mais em concursos)
SÉRGIO BERNARDO CORRÊA – residente em Nova Friburgo
5º lugar: MARINA BRUNA – São Paulo (falecida em 2013) – 07 troféus
 
          Portanto, como se pode notar, Héron Patrício e Campos Sales estão muito próximos de alcançarem o topo, além do Sérgio Bernardo.  Uma disputa interessante, que poderá tornar-se ainda mais acirrada nos próximos anos.
 
Portanto, você, trovador, pode começar a ganhar a partir de agora e tornar-se recordista de troféus na terra de Balthazar de Godoy Moreira. O prazo final é 30 de abril e você pode obter dados completos do concurso no site www.falandodetrova.com.br/concursos
 
TRÊS TROVAS PREMIADAS EM PINDA, DE MESTRES DA TROVA:
 
O castelo do opressor
tem base tão movediça,
que às vezes, cai com fragor,
ante um grito de “JUSTIÇA”!
WALDIR NEVES – RJ (vencedora em Pinda em 1993)
 
A ciranda traz lembranças
que a saudade perpetua
de um tempo em que nós, crianças,
éramos todas de rua...
MARINA BRUNA -São Paulo -  SP  (vencedora em Pinda em 2002)
 
Calado, eu respondo a tudo
que falas num tom de luta...
- Nem todo silêncio é mudo;
nem todo grito se escuta!
(SÉRGIO BERNARDO – Nova Friburgo – RJ  (vencedora em Pinda em 2003)