Na foto, da esquerda para a direita, estão Maria Lua, Edmar Japiassú, João Paulo, Aparecida (esposa do Hermoclydes Siqueira Franco), meu filho José Ouverney Junior e eu. Uma comunhão de poetas de Pinda e do Rio de Janeiro

       O que pode uma foto nos proporcionar!…  Repassando meus álbuns de fotografias, deparei-me com esta que, no mesmo instante, reacendeu a emoção vivida naquele sábado, 04 de setembro de 2004.  Era o quarto concurso de trovas que eu promovia em Jambeiro (cidade onde eu trabalhava e permanecia de segunda a sexta-feira), em parceria com a Prefeitura Municipal que, à época, tinha o Geraldo Coelho como Prefeito, o Altemar Mendes como Vice-Prefeito e o Túlio Vilhena como Secretário Municipal.

       A casinha da foto, eu a alugava. Sabia que iriam chegar alguns trovadores de longe, para o evento, mas não imaginava a hora em que chegariam. E também já havíamos reservado suas dependências na única pousada, que ficava junto à Praça Almeida Gil. Estava eu, portanto, tranquilamente ultimando os detalhes do evento quando, “de repente, não mais que de repente”… vão entrando pela porta da sala o Edmar Japiassú, a Maria Lua, o Hermoclydes Siqueira Franco e sua esposa Aparecida,mais o meu irmão João Paulo.

       Não imaginam que surpresa gostosa.  Surpresa, para ser boa, tem que ser assim: pegar a casa desarrumada, coisas pelo chão, chinelo de dedo no pé, cabelos de qualquer jeito.  Mas o sorriso espalhado pela cara compensa tudo.  A explosão do abraço franco, o cafezinho na chaleira.  Não tem coisa melhor!  Nada de pompa, de rebuscados discursos, de quilométricas exibições de currículos, de tratamentos diferenciados. Troca-se o “você” por você” e está tudo resolvido.  Pra mim, encontro de trovadores tem que ter autenticidade, que é nosso legítimo selo de garantia.  E durante a cerimônia essa autenticidade se manifesta, porque já existe o vínculo “pré-solenidade”.

       Foi uma festa maravilhosa!  Simples, como os que ali estavam.  Pura, como o ar de Jambeiro, pitoresco recanto encravado entre as montanhas, fazendo divisa com Caçapava, São José dos Campos, Paraibuna, Redenção da Serra, Jacareí e Santa Branca.  Mas… um encontro para não se esquecer jamais.  E essa foto foi tirada com rara felicidade, expressando um momento especialíssimo para os que dele participaram.

       Por que fui me lembrar disso agora?  Boa pergunta! E uma explicação também muito justa. Por dois motivos. 1º) Quem tirou a foto foi justamente o Hermoclydes: grande poeta e grande amigo, falecido nesse 08 de agosto de 2012.  2º) Acabo de saber que, oito anos depois, a dupla Geraldo Coelho/Altemar Mendes acaba de ser eleita para a Prefeitura de Jambeiro, com a única diferença de que, agora o Altemar será o Prefeito e  Coelho o Vice.

       Quem sabe, com isso, a Trova não voltaria a frutificar em Jambeiro?  É esperar pra ver!