JAMBEIRO :COMO É BOM PLANTAR!

      Melhor ainda é ver o resultado de um plantio bem sucedido, com os frutos se multiplicando! Assim foi minha passagem pelo município de Jambeiro, onde, durante quatro anos trabalhei de forma idealística pela Trova, sem visar remuneração alguma, apenas pelo prazer de levar a uma cidade, sem tantas opções de cultura, algo diferenciado. Foi um trabalho feito dentro das escolas principalmente. Hoje, dois anos depois de minha desvinculacão profissional com Jambeiro, recebo constantemente contatos no sentido de retomar o trabalho interrompido. Principalmente o “Estudantrovas”.
          Ora, isso é motivo de júbilo. A árvore continua reverdecida; os frutos têm vindo em profusão. Quem, em meu lugar, não ficaria feliz?

De encantos a toda prova
e pujante conteúdo,
Jambeiro é como uma trova,
que em pouco espaço diz tudo!

     Jambeiro progrediu muito nesses últimos anos. A industrialização chegou, e, com ela, novas possibilidades de emprego, mas não perdeu aquele encanto de cidade pequena que a todos encanta. Ela entrou em meu coração de forma irreversível; foram oito anos de convivência diária com aquela gente boa e pacata. São fatos que o tempo não apaga.

Com seu presente aclamado
pelo progresso desperto,
Jambeiro é o sonho plantado,
que foi regado... e deu certo!

     A minha resposta a essa cidade maravilhosa é “sim”. Para todas as reivindicações que estiverem ao meu alcance. Jambeiro, te amo!

Tantas vezes o trajeto
Pinda -Jambeiro cumpri,
que ainda não sei, por completo,
se estou lá... se estou aqui!