FALECEU DONA ANGÉLICA...

     Com muito pesar noticiamos o falecimento da Professora/trovadora ANGÉLICA VILLELA SANTOS, ocorrido em Taubaté nesse dia 22 de junho de 2017.
  
     Nascida em Guaratinguetá no dia 28 de fevereiro de 1935, filha de José do Amaral Rebello e Maria Conceição Villela Santos do Amaral Rebello.  Professora, como os pais, formou-se em 1953, e, em 1954 começou a lecionar. Sua primeira escola foi no Bairro Santa Clara, em Jambeiro. Chegou a Taubaté em 1962, para lecionar no Grupo Escolar Prof. Bernardino Querido. Aposentou-se como Diretora de Escola.  Membro-fundador da Academia Taubateana de Letras, onde ocupava a cadeira n] 40 e ainda Membro Honorário da Academia Pindamonhangabense de Letras.Foi também, por muitos anos, presidente da União Brasileira de Trovadores, seção de Taubaté, onde organizou concursos de trovas estudantis e adultos para todo o idioma português e toda a Comunidade Vicentina na qual, prestou admirável trabalho por uma vida toda.  

     Livros editados:  1. “Contos, Trovas e Outros Versos”; 2. Memórias Póstumas de um Médico Legista” (em homenagem a seu falecido marido); 3. “Estudo Genealógico das Famílias do Major  Villela/Januária Reis Villela; Rangel; Santos Souza, Monteiro/Marcondes do Amaral  (  ramo materno e ramo paterno de sua família); 4. “ São David dos Pilões”- romance, que recebeu o Prêmio Cultural “Eugênia Sereno” , oferecido pelo Instituto de Estudos Valeparaibanos ( IEV ), de Lorena-SP; 5. “ Lembranças de minha terra- Guaratinguetá –Ruas de Minha Memória”.

        "Dona Angélica" - como era carinhosamente chamada - deixará uma imensa saudade nos corações de todos que tiveram o privilégio de conhecê-la e desfrutaram de sua bondosa companhia.

     Eis algumas de suas trovas:

Quando a montanha escalar,
buscando sucesso e glória,         (M. Honrosa Jambeiro, 2004)
deixe a humildade levar
a bandeira da vitória!
.
Tudo acabou em quimera         (Vencedora Pinda, 2006)        
na tarde chuvosa e fria
e a grande perda me espera
dentro da casa vazia...
.
Guaratinguetá, querida,
és deste Vale a rainha!
E eu carrego em minha vida          (Vencedora em Taubaté - 2005)
o orgulho de seres minha!

OBS:  na foto acima, recebendo o seu troféu em 2006, das mãos do ex-Prefeito de Pindamonhangaba João Ribeiro.