ESPERANÇA    
   

    Esperança! Essa é a palavra que norteia a todos neste limiar de um novo ano. Esperança de que as coisas aconteçam de uma maneira diferente. Quero lembrar aqui uma das últimas conversas que tive com um amigo no ano de 2011. Eu lhe dizia precisamente das minhas expectativas de um ano melhor, e que esperava fosse 2012 um ano realmente diferente. «E o que você pensa fazer a respeito? - perguntou ele.

    A pergunta me pegou desprevenido e me fez pensar. Realmente, todos os anos desejamos que seja diferente, mas raramente pensamos que o «ano» é uma abstração. Não existe realmente. Se quisermos algo diferente, nós é que precisaremos ser diferentes.

    Este mesmo raciocínio vale para nós trovadores. Se desejamos uma UBT diferente em 2012. Nós é que precisamos ser diferentes. Isto exige algum sacrifício. Nada insuperável, apenas requer nossa saída de nossa zona de conforto de vez em quando. O problema é que todo mundo quer ir para o céu, mas ninguém quer morrer. A UBT não vive somente de concursos e festas, ou pelo menos não deveria viver. Concursos e festas não são trabalho, são o merecido brinde que o trabalho estrutural, de base, nos dá.

    Quando as festas assumem uma importância capital e os concursos são vencidos praticamente pelos mesmos consagrados trovadores, é sinal de que há algo errado. Ou o clima festivo assumiu a dianteira, ou não está havendo renovação na Entidade.

     Mas 2012 é de fato o ano da esperança, onde os desafios de um mundo globalizado e cibernético está a exigir modernidade de nossa entidade. Conceitos precisam ser revistos. Preconceitos também. E mais que tudo, é preciso que trabalhemos deixando a vaidade numa prateleira qualquer de um depósito abandonado, porque ela só atrapalha. Deve ser concidência que no ano em que se diz que o Mundo deverá acabar, a UBT .deverá renascer!
        ...................................................................................................................................

Texto de J.B. Xavier (que compõe o Editorial do Informativo UBT SP janeiro/2012)