DA COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO      

    Fomos desagradavelmente surpreendidos pela nota publicada no Boletim Nacional, segundo a qual foi extinta a Comissão de Fiscalização de Resultado dos Concursos.     

    Mais surpresos ainda ao saber que “esta tarefa agora deverá ter a responsabilidade das próprias Seções e Delegacias” (sic).      

   Será que o Conselho Nacional e a Presidência sabem que só nos primeiros quatro meses de 2009 houve dois casos de Trovas já premiadas anteriormente, serem premiadas em novos Concursos?    

     Será que sabem que no primeiro caso, o(a) Trovador(a) autor(a) da Trova foi alertado pela Comissão e devolveu o Troféu e o Diploma à Seção organizadora do Concurso?     

    Será que sabem que, no segundo caso, a repetição foi detectada a tempo, a Seção foi alertada e alterou o Resultado antes de haver impresso o Livro do Jogos Florais, impedindo assim uma situação desagradável?      Será que sabem que ambos os casos foram tratados sigilosamente , sem divulgação de nomes para evitar constrangimentos?     

    Será que sabem que a maioria das Delegacias e algumas Seções não tem arquivos suficientes sobre Concursos antigos?     

    Será que a decisão foi correta e favorece a Trova ou a UBT de alguma forma?     

    Nós acreditamos que não!      Continuamos crendo no trabalho da Comissão que foi sempre pautado na honestidade, na justiça e no princípio básico de que a Trova e a UBT estão acima de opiniões pessoais.      Continuamos crendo que o afastamento de dois membros, por motivo de saúde, não é razão suficiente, nem lógica, para extinguir a Comissão. Lamentável.... =========================================================================

Izo Goldman está na Trova desde 1972. É "Magnífico Trovador" por Nova Friburgo, "Notável Trovador" por Pouso Alegre, já foi presidente da UBT São Paulo (municipal e estadual) e Secretário da UBT Nacional, entre outros cargos. Lançou em 2008 o livro "Trovas de quem ama a Trova", cujo título, por si, é o cartão de apresentação do autor.