(Por Renato Alves)
 

Nas trovas abaixo, de dois mestres, não sei o que mais me encanta, se a beleza dos achados ou a perfeição formal na riqueza das rimas: “receio/retalhei-o”   e   “estrela/sê-la”
Digo tudo sem receio…
Sei, amor, que não aprovas.
Meu coração retalhei-o
e, dos pedaços, fiz Trovas…
Luiz Otávio
     Sonhava ser uma estrela
     como as do céu, e brilhar.
     Tentou. Não podendo sê-la,
     fez-se uma estrela-do-mar!
            A. A. de Assis
 
Eis, na metalinguagem de Luiz Otávio, a melhor definição de trova humorística, lírica e filosófica, nesta ordem.      A trova, quando perfeita,
     três reações pode causar:
     a gente ri… ou suspira,
     ou então, fica a pensar…
 
O excelente aproveitamento da versatilidade semântica e grama- tical da  palavra “verão”,  que abre a trova como substantivo e a fecha como verbo, valorizou muito o humor intrínseco do tema “nudismo”.  
     No verão ela anuncia
     que o nudismo é a sensação
     e o que só o marido via,
     agora todos verão!
     Arlindo Tadeu Hagen
 
    A trova em destaque, em homenagem a Campos de Goytacazes, revela conheci- mentos de História e de Língua Portuguesa:   Campos foi a primeira cidade a ter iluminação pública elétrica e,  atualmente, concentra em sua bacia o maior número de poços petrolíferos.                                                Quanto à língua, “Goitacás” é a única forma dicionarizada como plural de “Goitacá” (povo indígena da região), diferentemente da designação oficial da cidade.   
 
     De fatos alvissareiros
     fez-se a história Goitacás:
     da luz dos postes primeiros
     às sondas da Petrobrás!
         Nereu Frickmann
 
Na era do computador, a Trova, principalmente a humorística, vai assumindo um novo vocabulário que certamente exige uma  certa iniciação na área da Informática para ser compreendido.
Amigo/amiga, reparto
este espanto com você:
– o parto não é mais parto;
é download de bebê...
A.A.Assis
     Moderninha como quê,
     vovó diz no “Facebook”:
     – Quero entrar no BBB!
     Vou dar “upgrade” em meu “look”!
           Renato Alves