http://falandodetrova.com.br/izoateofim

Cara e Coroa  (texto de Izo Goldman)

     Duas faces da mesma moeda, ou seja, duas visões do mesmo objeto. Não sei porque mas estou ficando com a impressão de que, ultimamente, a internet e alguns, jornais da Trova, estão se esmerando em olhar só uma face. Parece que é mais fácil olhar o lado “mau” da Trova que, na verdade, ou não existe ou não é tão mau assim. “Macartismo na Trova”; “Falta de Renovação”; “Trovadores que fogem dos Temas Líricos”; “Repetição de Temas” e, agora “Trovas remetidas de maneira errada para os Concursos”, publicado em dois jornais.

     O meu problema, entre muitos outros, é que eu tenho uma máquina de calcular e, o que é pior, gosto de usá-la.

     Se não estiver enganado tivemos, em 2008, no Brasil, 32 Concursos, com 45 Temas e, somando os limites de cada Tema, chegamos a 108. Ora supondo que apenas 50 Trovadores tenham concorrido, teríamos 5.400 Trovas remetidas; se 400 estivessem erradas, sobrariam 5.000. Eu acredito que o número de Trovas remetidas foi muito maior e, o de Trovas erradas, muito menor.

      Sugestão:

     Que os jornais da Trova publiquem SEMPRE o Regulamento Básico da UBT para remessa de Trovas para Concursos.

      Que, TODAS as Trovas remetidas em desacordo com o Regulamento sejam, AUTOMATICAMENTE, DESCLASSIFICADAS.

      Para completar, para prestar um serviço à Trova, que, ao final do Concurso, quem patrocina enviasse uma carta aos Trovadores que mandaram Trovas de maneira errada, dizendo: “LAMENTAMOS INFORMAR QUE SUAS TROVAS REMETIDAS PARA ... FORAM DESCLASSIFICADAS POR TEREM SIDO REMETIDAS EM DESACORDO COM O REGULAMENTO.”

     Talvez, até, desse resultado.

     Talvez, até, se pudesse e, se devesse, ver o outro lado da moeda.

     A UBT é a maior e melhor estruturada das Entidades Poéticas do Brasil.

     A UBT é a entidade que patrocina, organiza, ou coordena o maior número de Concursos no Brasil, e, muitos destes Concursos, incluem Conto, Crônica, Poesia, Soneto e Haicais.

     A UBT é a única entidade poética representada por Seções ou Delegacias em 158 cidades do Brasil, e, em mais 9 países. (Se a minha máquina de calcular não estiver enganada...)

     Portanto, seria bom que, ao mesmo tempo se falasse da Cara e da Coroa e, até mesmo, se a moeda caísse em pé.

     Em tempo: quando fosse para falar do lado “mau” que se desse sugestões para resolver ou minorar, e, eu não vejo isto ser feito.